quinta-feira, 31 de julho de 2014

Assunto: Benignidade Um analise para nossa vidas nesses últimos dias que estamos vivendo.


Reveja tudo que você tem feito e está fazendo diante do SENHOR


INTRODUÇÃO:
O assunto deste estudo é a benignidade, uma palavra bastante parecida com a bondade que estudaremos na próxima aula. Você irá perceber que a benignidade está relacionada com o julgar as ações das pessoas.
DEFINIÇÃO:
Uma boa ajuda para que você entenda o que é benignidade, é ver o seu antônimo. Outra ajuda é compreender a diferença entre benignidade e bondade.
1) O oposto de benignidade é malignidade, aquele que não é benigno é maligno. O contrário de bondade é maldade, ou seja, aquele que não é bom, é mau!
Se você percebeu bem, a benignidade e a malignidade (bem ou mal) são interiores, estão ligadas ao sentimento, enquanto que a bondade e a maldade (bom ou mau) são qualidades exteriores, falam de ação.
2) Existe uma grande diferença entre benignidade e bondade, embora sejam termos bastante parecidos.
Benignidade é a disposição em ser bondoso com o próximo. Significa excelência de caráter, pensar bem a respeito das pessoas (daí o fato de estar ligada com o julgar).
Ser benigno significa também ser flexível. Deus não quer que sejamos demasiadamente exigentes (fardo pesado sobre os discípulos) e inflexíveis.
Bondade é a ação de ser bom, gentil e reto para com o próximo.
Devo pensar benignamente e agir com bondade.
A RELAÇÃO ENTRE A BENIGNIDADE E O JULGAR O PRÓXIMO. 
Se nós aprendemos na definição acima que a benignidade é a disposição em ser bondoso, é pensar bem a respeito do próximo; significa então que não devemos julgar as pessoas.
Este julgar (que inclusive foi proibido pelo Senhor Jesus em Mt 7. 1-5) fala de tirar conclusões precipitadas a respeito de alguém ou de algum fato. O julgar proibido pelo Senhor refere-se ao fato de falarmos de algo que não sabemos ou não temos certeza.
Para estarmos dispostos a agir de maneira bondosa com alguém, devemos pensar benignamente com relação a este alguém.
Exemplo: o irmão fulano faltou ao culto e é obreiro. Pelo fato de ter faltado sem motivo em outra oportunidade os demais obreiros comentam a respeito do fato dizendo que o referido irmão é negligente, etc...
O pastor então já decide disciplinar o irmão. Para surpresa de todos chega a noticia que o irmão havia faltado ao culto por ter sofrido um acidente grave.
IRMÃO; procure sempre pensar o bem quando você estiver diante de um fato que desconhece! Isto não quer dizer ser imprudente! Esteja sempre disposto a ser bondoso com o próximo.  
Cuidado!
Não confundir a passagem de Mateus 7. 1-5, com o fato de não exercer a disciplina eclesiástica! A passagem citada anteriormente fala do julgar precipitadamente (falar do que não sabemos), no entanto, a mesma Bíblia manda que julguemos as questões internas da igreja local bem como exercermos a disciplina eclesiástica!
Leia sobre este assunto (julgar e disciplinar), leia o texto de ICoríntios, capítulos 5 e 6.
A RELAÇÃO ENTRE A BENIGNIDADE E A FLEXIBILIDADE
Vimos anteriormente que o crente benigno é flexível; isto se deve ao fato do coração cheio do Espírito Santo sempre estar disposto a ser bondoso. Antes de sabermos a intenção de alguém, devemos agir com uma disposição a perdoar e a agir com brandura e gentileza.
           Lembre-se: as pessoas são todas diferentes e “cada caso é um caso!”.
  
Exemplo: Quando chega ao seu conhecimento de que alguém fez algo contra você, converse com a tal pessoa indo até ela com o coração disposto a reconciliar.
Quando o pastor vai aplicar a disciplina em alguém, deve sempre visar à restauração desta pessoa e sempre olhar com olhos benignos.
A BENIGNIDADE DE DEUS
Deus é benigno, pois ele está sempre disposto a agir com bondade para conosco, entretanto, a sua benignidade tem um sentido mais pleno, pois devido a sua onisciência, ele sabe perfeitamente as intenções do coração do homem.
Não se esqueça do conceito de benignidade: Disposição em ser bondoso com o próximo. Embora Deus conheça o nosso coração, ele nos ama e sempre está disposto a ser bondoso, isso nos serve de modelo; independente do que o meu próximo pensa a meu respeito, devo sempre estar disposto a ser bondoso para com ele.
CONCLUSÃO:
Vimos nesta aula o conceito da benignidade e a sua diferença em relação à bondade.
Você sempre ganhará sendo benigno (Pv 11.17 ). Somente um coração cheio do Espírito Santo pode ser assim.
O julgar precipitado; a inflexibilidade e os pensamentos malignos não devem fazer parte da vida do cristão!

Nunca se esqueça que as intenções do Senhor sempre são benignas ao nosso respeito(Jr 29.11; Lc 6.33,19.10; Jo 3.16,17-Deus sempre deseja que o homem se arrependa e seja salvo) e nunca se esqueça também das palavras ditas pelo nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo em Mt 7.2

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Uma mensagem para meditação em como ter e está na presença do Deus vivo. Estamos nos dias finais e a verdade é Jesus está chegando, está vindo para levar os que lhes confessaram diante das pessoas.



Evangelista Manoel Moura

Isaías 55:6

Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto." 
Buscar ao Senhor, quer nos dizer que só Deus pode mudar o quadro de nossas vidas, o Senhor nos ensina a todo tempo com sua palavra e seus feitos na terra, ele nos mostra que é o único que tem poder para mudar a direção de todos e que só através dele podemos ter um vida de fé e amor verdadeiro. Amém

Provérbios 28

2 Por causa da transgressão duma terra são muitos os seus príncipes; mas por virtude de homens prudentes e entendidos, ela subsistirá por longo tempo.
A terra está corrompida de um todo o mundo e sues povos andam adiante de deuses estranhos, e procurando nas coisas a adoração terena o que só o verdadeiro Deus pode lhe proporcionar, mais Deus tem na terra os seus que não muda, que não se rendem a adoração de homens, os que servem a Deus são fies e verdadeiros, e vão para a eternidade com o Senhor. Amém
Isaias 3
13 O Senhor levanta-se para pleitear, e põe-se de pé para julgar os povos.
Deus está de pé no trono, ele se levanta para julgar o seus povos, pois só ele tem o direito de julgar, e julga corretamente a cada um segundo seus feito aqui na terra, mais Deus tem um infinito amor que transforma qualquer coração de pedra em coração de carne, por isso ele veio a terra na pessoa do seu Filho Jesus para remir dos pecados, todos que tem se afastados da sua presença, mais ele tem um amor infinito( João 3-16) nós vamos achar e entender o verdadeiro amor de um Deus que nos fez para sua Gloria. Aleluia
Mateus 10-01
 Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum 
O Senhor alem de vim a terra ele trata com seus filho, e servos ensinado para que eles ou seja nós façamos sua obra com dedicação e graça, para isso ele derama sobre nós um poder que é dele, nos dando capacidade para exercer as tarefas que nos foi desiguinada, pelo Deus pai, assim nós vamos está fazendo nossa tarefa, dada por ele através de seu filho Jesus nosso Salvador
João 20
22 E havendo dito isso, assoprou sobre eles, e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo.
Vem Jesus chama, separa, capacita, anda junto, e nos dar a capacidade de fazer sua obra, porque ele disse sem mim nada vocês podem fazer, isso nos diz que um passo tomado temos que está lhe pedido direção, porque ele disse eu sou a luz do mundo onde há luz não há trevas, onde Jesus está a luz ilumina tudo e todos. Aleluia Jesus nos dar o capacitador o ajudador, o Espírito da verdade que o mundo não conhece, mais somente seus servos, discípulos, e nos dar uma ordem! Vão por todo mundo e preguem o Evangelho a todas as pessoas o que crerem serão salvos, e os quem não crerem já estão condenados. Esse é o poder dado a nós por aquele que tem todo poder nos céus e na terra. Aleluia Amém

Lucas 10-01 e 16

 Chamando seus doze discípulos, deu-lhes autoridade para expulsar espíritos imundos e curar todas as doenças e enfermidades.
 Eu os estou enviando como ovelhas no meio de lobos. Portanto, sejam astutos como as serpentes e sem malícia como as pombas.

Receber poder de Jesus, é nos entregar de todo coração e ouvir sua voz em tudo que estamos a fazer para sua obra. Amém alem de receber poder tem a missão, expulsar os demônios, e curar o povo de todas as doenças e enfermidade que há na terra, então temos que fazer valer sua ordem na sua chamada, salvar almas. Amém

João 11.25
Jesus disse: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá”
Jesus deu ordem para irmos, mais ele disse que mesmo que merecemos na jornada nós seriamos ressuscitados por ele, porque alem dele ter poder na vida também tem poder na morte. Aleluia em Jesus a certeza é de vida tanto nessa vida quanto em sue reino, por que ele disse meu reino não é desse mundo. Gloria a Deus

Mateus 28:20

E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.
Onde quer que você estiver na obra de Deus e na vida ele afirmou que estaria conosco. Esse é um amigo fiel, seja na vida seja na morte ele está conosco para derribar e para levantar, se adarmos na luz com ele na luz está ele é fiel para nos salvar. Amém
Ter Jesus em nossas vidas, é ter certeza de salvação, viver para Jesus é reconhecer que temos um único dono o Deus de Abraão de Isaque e de Jacó esse Deus tudo pode, tudo faz, tudo transforma, tudo muda. Aleluia Gloria a Deus. Amém






terça-feira, 29 de julho de 2014

O PECADO DA LASCÍVIA


Aqui não tem só sobre LASCÍVIA não, tem uma serie de comentários  Bíblico, onde você vai analisar o que você tem passado, com o seu viver, com o seu falar, com o seu vestir e com seu pensar. Um analise para nossas vidas hoje.
Perdão, arrependimento, vidas salvas em Jesus. Amém

"Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a LASCÍVIA." (Gálatas 5:19)

"Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: ...Paixão LASCIVA." (Colossenses 3:5)
A LASCÍVIA é um pecado que geralmente passa meio que desapercebido em meio à igreja, porém é listado como um dos frutos da carne em Gálatas. E, na Epístola aos Colocensses é descrito como, comum à natureza humana.
Mas, o que significa? Na prática, onde encontramos a lascívia na igreja? É comum entre os crentes?
A definição, segundo o Dicionário Aurélio: Lasciva; Sensualidade; Lúbrica; Desregrado (Devasso, Libertino); Libidinagem Relativo ao Prazer Sexual; Voluptuoso, Que Procura Constantemente e Sem Pudor Satisfações Sexuais; Luxúria.
Nos dias atuais, o pecado da lascívia tem entrado na vida dos crentes de uma forma muito natural; isto devido à velha natureza pecaminosa que insiste em sobreviver.
“Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.” (Romanos 8:5)
Espaços são abertos e sem a devida vigilância, o diabo, na sua grande astúcia desperta nos corações desejos contrários aos princípios determinados por Deus ao Seu povo. Nasce, no íntimo, a vontade de agir e ou mostrar-se à semelhança do mundo.
A LASCÍVIA: 
Na Igreja: Infelizmente é comum vermos em algumas igrejas a manifestação deste pecado sem muitas reservas. A lascívia apresenta-se nas pessoas, que levadas por sentimentos diversos, deixam-se moldar pelos costumes comuns aos ímpios e lançam mão de roupas inadequadas aos servos do Eterno.
É a moda que obriga as mulheres a usarem saias curtíssimas; calças justíssimas; fazerem uso de vestidos curtos e decotes que expõe os seios e costas. É a sensualidade que se manifesta com grande intensidade.
“Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo.” (1 Coríntios 6:20)
Qual o objetivo de estar na moda e usar roupas que não condiz com os ensinamentos do Senhor Deus?
Com certeza, despertar no próximo uma série de sentimentos “carnais” perturbando-o, chamando para si as atenções e fazendo renascer nos corações a velha natureza.
O exemplo de Paulo deve ser observado, quando ele afirma:
“Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo." (Gálatas 6:14)
No Trabalho: Se o temor a Deus não foi suficiente para coibir o uso de vestimentas inadequadas na igreja, com certeza, no dia-a-dia, na rua, trabalho e nas obrigações sociais a situação torna-se mais grave.
Geralmente é preciso apresentar-se bem e quando o Espírito Santo não está no controle, a carne manifesta-se com toda a sua força.
“E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12:2)
Entra em cena todo um conjunto de roupas e ações sensuais;
Algumas sentem satisfação em despertar no próximo à cobiça e sentimentos baixos; alegram-se com “cantadas” e insinuações maliciosas feitas por colegas; assemelha-se com os ímpios, impossibilitando visualizar o senhorio de Jesus Cristo na vida.
“Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo; e não tenhais cuidado da carne em suas concupiscências.” (Romanos 13:14)
No Lar: A lascívia também encontra lugar nos lares, na intimidade dos casais, que levados por desejos incomuns aos servos do Senhor, procuram fazer uso de diversas práticas mundanas que por sua natureza imunda, afasta o Espírito Santo da vida.
“Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou cobiça, nem sequer se nomeie entre vós, como convém a santos.” (Efésios 5:3)
“Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus." (1Tessalonicenses 4:4-5)
É INCONCEBÍVEL QUE O NOSSO AGIR APAGUE O ESPÍRITO DE DEUS EM NOSSA VIDA
Entre as “quatro paredes” muitos têm feito uso de fetiches, tais como:
  • Filmes pornôs;
  • Revistas de sexo;
  • Novelas eróticas;
  • Objetos; com o objetivo de despertar e satisfazer o desejo sexual, de forma antinatural.
O que fazer então?
Amados, somos chamados pelo Senhor para sermos:
 - Seus seguidores:
“Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Pois, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, quer vivamos quer morramos, somos do Senhor.” (Romanos 14:7-8)
 - Propriedade exclusiva do Pai:
“Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” (1 Pedro 2:9)
E esta condição de vida não nos permite dar lugar aos costumes comuns àqueles que desconhecem os princípios e não obedecem aos preceitos do Senhor.
“Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.” (Romanos 8:5)
As nossas vestimentas, bem como, todo o nosso agir dever ser equilibrado e santo.
“Sede pois imitadores de Deus, como filhos amados.” (Efésios 5:1)
Não é aconselhável à mulher mostrar-se demasiadamente, porém, o uso de roupas extremamente longas desperta no próximo uma rejeição à obra de Deus.
Portanto, é preciso usar o bom senso e, guiados pelo Espírito de Deus, vestir-se de forma adequada e santa.
É preciso que olhem para tua vida e não veja uma mulher/homem sensual, e sim, que vejam a imagem do Senhor Jesus Cristo.
“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” (Gálatas 2:20)
Lembre-se disso: QUE VEJAM CRISTO EM NOSSA VIDA DIARIAMENTE
Quanto às práticas intimas; quando há o verdadeiro amor dado por Deus entre os casais o desejo mútuo é normal, dispensando o uso de instrumentos pecaminosos e vergonhosos.
“Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em todo o vosso procedimento.” (1 Pedro 1:15)
Assim deve ser o proceder dos verdadeiros servos de Deus:
  • Santos no agir;
  • Nas conversas;
  • Nas amizades;
  • No trabalho;
  • No vestir-se;
  • Na intimidade sexual;
  • No namoro
  • E em todos os aspectos da vida.
Quando assim nos portamos, louvamos a Deus e O adoramos através de nossos atos.
“Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?" (1Coríntios 3:16)
Que sobre a carne esteja o controle do Espírito Santo de Deus.
"Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele." (Romanos 8:9)

O que é Lascívia:
Lascívia significa sensualidade, libidinagem, luxúria. É uma características de quem temdespudor, quem tem modos libertinos, libidinosos, quem tem propensão para asensualidade.
Lascívia é um substantivo feminino que se refere à qualidade de lascivo, que tem caráter lascivo, ou seja, que é sensual, libidinoso, desregrado, brincalhão, travesso.
Frequentemente a palavra lascívia está relacionada com a palavra volúpia, que significa o grande prazer dos sentidos, ou o grande prazer em geral e o grande prazer sexual.
Lascívia na Bíblia
Para os estudiosos da Bíblia, a palavra lascívia é interpretada como impureza, impudor. O comportamento lascivo vai além do pecado e envolve o desprezo pelo que é certo:
“Que eu tenha que chorar por muitos que pecaram no passado e ainda não se tenha convertido da impureza, da formicação e dos vícios que antes praticavam”. (2 Coríntios 12:21).
“Além disso, as obras dos instintos egoístas são bem conhecidas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, feitiçaria, ódio, discórdia, ciúme, ira, rivalidade, divisão, sectarismo, inveja, bebedeira, orgias e outras coisas semelhantes”. (Gálatas 5:19-21).
Significados de Lascívia :
Condulta ultrajante, pensamentos ou atos tatalmente imorais que induzem a sexualidade.
Galatas 5.19-21 - A Bíblia condena a lascívia.

No dicionário, lascívia significa libidinagem, sensualidade; grande inclinação para a luxúria.
Luxúria = licenciosidade, entrega à libertinagem.
Libido= instinto sexual.
Lascívia, no grego ?aselgeia?, significa licenciosidade, sensualidade exagerada.Está em discussão a conduta marcada por desejo sexual irrestrito voluntariamente pervertido.
Não confundir luxuoso com luxurioso.A lascívia não esta ligada com luxo e ostentação e sim com o desejo desenfreado pelo sexo.

Podemos dizer que a lascívia é o desejo incontrolável pelo sexo a ponto de abusar da moralidade pública e privada.
Lightfoot define lascívia como devassidão, indecência aberta e desavergonhada.
A pessoa envolvida pela lascívia possui um desejo incontrolável podendo este desejo levar a pensamentos pervertidos e a atitudes imprevisíveis.
Aquele homem quando olha uma linda mulher vem com a impura lascívia diante dos seus olhos.


Caraterística, aptidão, daquilo que está destinado à libidinagem ou do que possui uma inclinação para a sensualidade; despudor.
"Mulher fácil, que se deixa levar pela volúpia e pela lascívia."
Caráter do que está marcado pela sensualidade ou do que produz a propensão para a sensualidade; impudicícia - propensão para a luxúria, sensualidade exagerada; lubricidade
Lascívia diz respeito à pessoa que se dá às provocações sexuais

Sinônimos  de  Iniquidade




Benignidade, a Bondade para ajudar
Introdução
A benignidade e a bondade são aspectos tão íntimos do fruto do Espírito Santo que é difícil distingui-los. Quem é bom, também é benigno. Ambas originam-se no amor. Alguém afirmou que a benignidade é amor compassivo; e a bondade, amor atuante em ação.
A Descrição da Benignidade e da Bondade.
A benignidade fundamenta-se no amor.
Em Gálatas 5.22, a palavra benignidade, no original do NT, não significa apenas a qualidade de ser puro e bom, mas também, ser devotado a atos e atitudes bondosas. O termo também expressa ternura, compaixão e brandura.
A bondade é o resultado da benignidade
A bondade é traduzida original, agathousune, e é encontrada apenas quatro vezes na Bíblia (Rm 15.14; Gl 5.22; Ef 5.9; 2 Ts 1.11). Se compararmos com o original do termo benignidade, constataremos que aquela é a prática ou a expressão desta, ou seja, é fazer na prática o que é bom.
Bondade, então, denota serviço ou ministério em favor do próximo, um espírito de generosidade colocado em prática, concernente a servir e a doar. É o resultado natural da benignidade – a manifestação da ternura, compaixão e brandura.
Principios da Benignidade e Bondade
1.          Servir ao próximo. A piedade e a bondade não podem ser dissociadas. Há dois preceitos divinos incluídos aqui: relacionamento com Deus e com o próximo. Podemos ilustrá-los através das seguintes perguntas bíblicas: "Onde estás?"(Gn 3.9) e "Que farei para herdar a vida eterna?" (Lc 10.25). referindo-se ao primeiro preceito e "Onde está [...] teu irmão?" (Gn 4.9) e "E quem é o meu próximo?" (Lc 10.29), aludindo ao segundo.
2.          Generosidade. O homem bom, que serve aos outros, é rico, embora lhe falte bens materiais. Certamente esta era a situação dos cristãos na igreja de Esmirna (Ap 2.9) e na igrejas da Macedônia ( 2Co 8.2,3)
3.          Bondade, justiça e verdade. A relação entre bondade, justiça e verdade revela-nos alguns princípios importantes. Em Efésios 5.9, lemos: "O fruo do Espírito está em toda bondade, e justiça, e verdade". A bondade diz respeito à misericórdia, à justiça, à retidão; e a verdade, ao conhecimento.
Exemplos de Benignidade e Bondade
A Bíblia está cheia de exemplos de homens e mulheres que procederam com benignidade e bondade para com seus semelhantes.
1.          Jó. Este servo não foi apenas paciente, mas também um exemplo significativo de benignidade e bondade. (Jó 29.15,17; 31,32).
2.          Davi. É comovente a benignidade imparcial de Davi em favor da casa de seu inimigo, Saul. O salmista demonstrou o mais sublime grau desta virtude, considerando-a como "Beneficiência de Deus"(2Sm 9.1-3)
3.          Jesus. O Mestre demonstrou benignidade até ao final, na cruz. Enquanto estava pendurado na cruz, providenciou alguém para cuidar de sua mãe (Jo 19,26,27), suplicou perdão em favor de seus inimigos (Lc 23.34), e demonstrou, em sua forma mais sublime, o sentido real de ser benigno e misericordioso com os outros ao entregar-se por nós.
4.          Estêvão. Ele foi um exemplo de benignidade. Ao invés de desejar a morte de seus opressores, orou por eles enquanto estava sendo apedrejado até morrer (At 7.59,60)


Análise sua vida veja seus pecados e seus erros e faça uma reflexição em tudo que você tem vivido nessa terra! Vale a pena amar e viver esse mundo?
Jesus tem coisas muito melhor para você, onde o que importa é o lugar para onde você vai partir, e viver depois dessa vida.
Quem faz a vontade de Deus, reconhecendo Jesus como Salvador de suas vidas vai morar com ele nos céus. Amém
Mais quem faz a vontade do mundo, da carne vai está no seol, inferno com satanás e seus demônios, o que você decidiu para sua vida hoje? Céu? Aleluia. Mundo? Misericórdia meu SENHOR Jesus salva essa alma. Amém
Se proste de joelhos e entregue sua vida a Jesus hoje e viva para ele apartir desse momento, fazendo as vontades não sua mais dele. Amém

Evangelista Manoel Moura.
Ministério Proclamando o Evangelho Jesus o SENHOR.








Postagem em destaque

A PAZ SEJA CONVOSCO AMÉM INTERCEDA